Aleatoriedades sobre voltar a estudar

Oi, pessoas! Sumi um pouquinho. Não consegui escrever depois todos os acontecimentos dos últimos dias. Como falei antes, estou tentando seguir minha vida da maneira mais saudável possível, apesar de todos os retrocessos que temos acompanhado. Mas é impossível não se abater com uma chacina em uma escola. Fiquei triste, revoltada e isso se soma…

Um Defeito de Cor

Oi, pessoas! Finalmente venho falar de Um Defeito de Cor, o livro de agosto do meu desafio literário de 2018. Sim, continuo atrasada, mas, aos poucos, vou terminar. Anteriormente, contei sobre minha escolha por essa obra e autora e agora quero falar sobre este livro maravilhoso. Breve resumo Antes de tudo, acho importante apresentá-lo a…

Primeira falação de 2019

Sou péssima para dar títulos, por favor, me perdoem. Faz tempo que não venho aqui falar sobre assuntos aleatórios, então resolvi fazer isso hoje. …. É difícil colocar as ideias no lugar quando há muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. É só o início de 2019 e já aconteceu tanta coisa! Eu não tenho conseguido…

Manhãs de domingo

De vez em quando encontro meu pai por aí. Domingos pela manhã, por exemplo, sempre acordo esperando escutar seus movimentos na cozinha. A cozinha era quase seu habitat natural e com que prazer ele preparava todas aquelas refeições! Dava para sentir essa dedicação no molho, no tempero simples e preciso, nas preparações clássicas que já…

Retrospectiva Literária 2018

Oi, pessoas! Adoro retrospectivas literárias, por isso resolvi fazer a minha do ano passado antes de apresentar minha lista de 2019 e dar continuidade às publicações do desafio literário de 2018, que ficou pausado. Expliquei aqui que precisei pausar meu desafio de 2018 porque fiz provas de vestibular que exigiam a leitura de outros livros.…

Paixão, Paciência, Prática

2019. Uma das minhas metas desse ano é estudar. Mais. Já estudo bastante, mas resolvi colocar muita energia e dedicação nisso, algo que não fazia desde que terminei o mestrado, em 2014. Depois que entreguei a dissertação me senti livre para finalmente ler os livros que eu queria de verdade, sem que fosse uma obrigação…

2018 durou três anos

Olá, pessoas! Venho hoje me despedir do blog por um tempinho. Sim, estarei de volta no próximo ano, mas não pretendo publicar mais nada até lá, então aqui estou para uns comentários aleatórios de fim de ano. Minha intenção era fazer mais uma publicação antes dessa despedida temporária, sobre outro tema que foi importante para…

E a terapia, ajuda mesmo?

Em 2018 tive uma prioridade: cuidar da saúde emocional. Na minha listinha de “coisas para 2019” ela estava no topo e me sinto um pouco orgulhosa de realmente ter conseguido me dedicar a isso. Retomando a conversa da última publicação, de fazer um pequeno balanço de temas que foram importantes para mim em 2018 e…

Por que não?

Dezembro ainda não chegou, mas já estou no clima de fim de ano. Acho que é porque tudo o que eu tinha de mais importante para fazer em 2018, finalmente foi finalizado. Claro, sempre tem coisas para fazer e nem vamos falar dos imprevistos. Mas acho que os pontos mais centrais da minha lista desse…

Cartas para a minha mãe

Oi, pessoas! Estou de volta hoje para, finalmente, falar sobre Cartas Para a Minha Mãe, da escritora Teresa Cárdenas. Foi a leitura de julho do meu desafio literário: 12 livros escritos por mulheres negras para 2018. Já havia comentado sobre a escritora aqui e hoje volto para contar minhas impressões sobre sua obra. Cartas Para…

Tudo igual, mas diferente

Faz mais de um mês desde minha última publicação aqui. Resolvi sumir um pouco. Precisei sumir. Tanta coisa aconteceu nesse último mês! O acontecimento mais exaustivo, sem dúvidas, foi o processo eleitoral. Sei que muitos de vocês também se sentiram assim, cansados emocional e psicologicamente. Até um cansaço físico bateu, seja pelas atividades de quem…

Comentários aleatórios sobre o que estamos vivendo

Semana passada eu deveria ter escrito e publicado aqui sobre o livro Cartas Para a Minha Mãe, seguindo com os comentários sobre meu desafio literário desse ano. Mas não consegui escrever. Alguém conseguiu fazer alguma coisa a não ser pensar obcecadamente no domingo das eleições? Sim, a gente vai vivendo, mas com esse sentimento de…