Aprender idiomas com professores e escolas

bla-bla1

(Se você quer ler sobre aprender um idioma sozinho, clique AQUI.)

 

Já faz um tempo que escrevi aqui sobre como é possível aprender um idioma por conta própria. Tenho visto que ele tem recebido algumas visitas, então resolvi escrever uma “parte 2”, para falar sobre outras opções para aprender, baseadas na minha experiência e, claro, dando minha opinião.

Continuo achando muito possível aprender um idioma por conta própria, com um pouco de dedicação. Existem muitas plataformas na internet hoje em dia que podem ajudar nisso, como falei no post anterior sobre esse tema. E principalmente para quem não tem condições financeiras e/ou de tempo para estudar de outra maneira, vale a pena insistir nisso.

Mas para quem pode investir e acha que vale a pena, existem outras opções, como ter aulas em escolas de idiomas, com professores particulares, etc. O que eu penso sobre cada uma dessas opções?

1 – Escola de idiomas

Eu nunca tive a oportunidade de ter aulas em uma escola de idiomas. Imagino que as aulas sejam ministradas por professores capacitados para isso e minha recomendação para quem quer ir por esse caminho é que procure referências. Por exemplo, um amigo ou familiar que já tenha feito aulas ali, opiniões de estudantes na internet, alguém que já tenha tido algum tipo de contato e saiba que é uma escola séria e comprometida.

Mas minha opinião sincera sobre escolas de idiomas é que podem ser uma ótima opção para crianças e para adultos que precisam aprender o básico muito rápido. Por quê? No primeiro caso, as crianças teoricamente não fazem muita coisa além de estudar, certo? Aprender um idioma é uma formação complementar e ela pode conciliar com seus horários de estudo e ao longo de anos se for possível e necessário. As escolas de idiomas costumam dividir seu conteúdo em módulos que demoram muito para serem completados, quando alguém começa desde pequeno aprendendo, faz disso um aprendizado constante e tem mais tempo para de fato aproveitar todas as possibilidades que oferece uma escola assim. No segundo caso, para adultos que precisam aprender muito rápido, a maioria das escolas oferece cursos intensivos, às vezes durante as férias, que me parecem muito eficientes para quem precisa aprender o básico para viajar a algum lugar, por exemplo. Um ponto positivo disso é que você precisa manter uma disciplina diária nesses cursos intensivos, o que ajuda bastante no aprendizado.

Porém, se não se trata desses dois casos eu realmente não acho que a escola de idiomas seja a melhor opção. Não quero menosprezar todos os profissionais que trabalham nesses lugares, não se trata disso. Mas ao meu ver gasta-se muito dinheiro e demora muito mais tempo. Claro que também depende das possibilidades e comodidades de cada pessoa. Mas se você não quer demorar tanto para aprender, quer aulas mais personalizadas e não pretende investir tanto dinheiro por mês nisso, definitivamente, essa não é a melhor opção para você.

 

2 – Aulas particulares

Se você conseguir encontrar um bom professor essa é uma das melhores opções para aprender um idioma, na minha opinião. Primeiro, porque você pode combinar com ele a disponibilidade. Por exemplo, talvez seja muito corrido para alguém fazer aulas durante a semana, mas no sábado poderia fazer uma ou duas horas e se tem um professor disponível para isso, que ótimo! Segundo, toda a atenção do professor (a) é só para você. Significa que você vai poder tirar todas as suas dúvidas, até as que você acha que são bobas e talvez ficasse tímido de perguntar em uma sala com mais alunos. Significa também que você pode ter aulas um pouco mais personalizadas, que atendam às suas reais necessidades e objetivos em aprender um idioma. Justamente por isso, em terceiro lugar, uma grande vantagem é que você pode se comunicar melhor com o professor, falando o que você quer aprender, quais temas quer ver, etc. Obviamente um professor não vai te ensinar só o que você quer, mas também o que você precisa, porém essas negociações são possíveis. Talvez você ache um pouco caro pagar por aulas particulares, mas considerando tudo isso o que eu disse, na minha opinião, vale a pena pagar um preço justo.

Eu tive experiência de ter aulas particulares por pouco tempo  e acho que valeu muito! Não foram totalmente particulares, porque fazia junto com uma amiga, mas até isso foi bom, porque praticávamos juntas na aula. Como não durou muito tempo, não posso avaliar o quanto realmente aprendi, mas posso dizer com certeza que foi muito útil para nós duas que já pretendíamos fazer um intercâmbio, pois serviu como um momento para tirarmos dúvidas que tínhamos dos nossos estudos por conta própria e aprender coisas novas para a viagem.

Uma coisa que considero importante é ter aulas com professores nativos, falantes do idioma que você pretende aprender, se for possível. Claro que um brasileiro que tenha estudado bastante e conheça muito sobre um idioma é perfeitamente capaz de ensiná-lo. Mas, na minha opinião, nada melhor do que aprender com quem realmente domina completamente o idioma, porque, afinal, é sua língua materna! Mas nem sempre é fácil e possível achar professores nativos, então nesse caso, busque um bom professor!

 

3 – Intercâmbios

Na minha opinião, a única forma de aprender um idioma melhor que um intercâmbio é se mudando de país. O intercâmbio dá um gostinho do que é se mudar  e, definitivamente, é um jeito muito eficiente de aprender um idioma. Primeiro e principalmente, porque você se vê obrigado a falar com as pessoas, seja na rua, em supermercados, na escola que vai estudar, na casa da família que vai ficar (se for o caso, existem outras opções de hospedagem). Quando você é forçado a se comunicar em outro idioma, você é forçado a aprender na prática. E, olha, aprende mesmo! Segundo, que você vai ter aulas com professores nativos, como já falei logo acima, isso é um diferencial importante. Terceiro, você vai ter uma experiência que vai além do idioma, é uma experiência de conhecer de verdade um lugar e conviver com a cultura, o que não vai ajudar só no aprendizado da língua, também vai ser um aprendizado para a vida!

“Ai, mas é caro fazer intercâmbio”. Vou ser sincera, não é barato mesmo não. Mas não precisa ser tão caro assim. Depende muito do país para onde você vai e do tempo que você vai ficar. Nesse caso, é preciso pesquisar e ver onde sai mais barato. No caso do espanhol, você pode abrir mão de ir para a Espanha, que obviamente vai ser mais caro, e estudar em algum país vizinho, na América Latina. Tenho conhecidos e minha própria irmã que estudaram espanhol em uma escola em Córdoba, na Argentina. Todos gostaram muito da experiência. Sei que em Buenos Aires, inclusive, existem escolas específicas para ensinar espanhol para brasileiros. Eu vim estudar em Cartagena, na Colômbia, antes de me mudar definitivamente para cá e gostei muito da escola onde fiz aulas diárias durante um mês. Aprendi muito! Então, de verdade, você não precisa ir para tão longe. E também não precisa passar 6 meses, 1 ano em um lugar. Claro que se você tiver a oportunidade, ótimo, deve ir, inclusive. Mas você pode juntar dinheiro para fazer um intercâmbio de 1 mês, durante suas férias, por exemplo. Ou 2, 3 meses, se você tiver mais tempo disponível. Isso também faz com que não fique tão caro assim. Na minha opinião, fazer um intercâmbio para aprender um idioma é um investimento. Se você quer muito, considere fazer algumas economias em outras coisas para conseguir juntar dinheiro para isso, porque vale totalmente a pena!

 

Enfim, espero que isso de alguma forma ajude quem cair aqui procurando opiniões e informações sobre estudar um idioma. A melhor opção é a que melhor se encaixe nos seus objetivos, suas economias e seu tempo. Não existe uma melhor opção igual para todas as pessoas. Pense em tudo com cuidado e decida o que se encaixa para você.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Aprender idiomas com professores e escolas

  1. Pingback: Dicas para aprender um idioma sozinho |

  2. Pingback: Dicas para quem quer economizar fazendo intercâmbio

  3. Pingback: Aprender um idioma sozinha é possível

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s