Mas será que era amigo mesmo?

Nesses tempos conturbados pelos quais passa o Brasil, tenho visto muita gente comentando e se preocupando sobre quantos amigos perdeu por causa de posicionamentos políticos ou discussões. Alguns dizem: “a política passa, os amigos devem ficar, não vamos perder amizades por causa disso”. Daí eu fico pensando: mas será que são amigos mesmo?

Sei lá, meus amigos de verdade continuam sendo meus amigos mesmo quando não concordamos uns com os outros sobre algum assunto. Claro, a gente se junta com quem se identifica, então no caso da política, a maioria deles tem o mesmo posicionamento que o meu, digamos, num sentido mais amplo. Mas nem sempre estamos de acordo em tudo. Além disso, tenho amigos com opiniões bem diferentes das minhas nesse aspecto. Daí que conversamos, discutimos, entramos em acordo sobre algumas coisas e em outras concordamos em discordar. Mas não perdemos a amizade. De jeito nenhum.

Entendo que, em geral, as coisas estão bem polarizadas. Você é isso ou aquilo, apoia tal ou tal coisa, é 8 ou 80. Não vejo isso como algo bom para o debate político, nem saudável para ninguém. Nesse caso, de pessoas com esse tipo de pensamento polarizado, eu acho, sim, necessário manter certo distanciamento. Para conseguir minimamente manter uma saúde mental. Mas também não quer dizer que você precisa parar de falar eternamente com as pessoas, apenas evitar a fadiga que é manter certos tipos de conversa, porque, sim, é exaustivo.

No meu caso, quando quero, por exemplo, bloquear alguém das minhas redes sociais ou da minha vida, me faço as seguintes perguntas:

1 – Essa pessoa é, de fato, minha amiga? Faz parte do meu círculo mais íntimo de amizades que considero verdadeiras?

2 – Se não, eu quero que ela faça parte? Temos coisas em comum? Estou disposta a tentar ser amigo dela, mesmo sabendo que ela tem valores bem diferentes dos meus?

3 – É alguém da família? Eu posso ter um debate saudável com essa pessoa sem cairmos na polarização?

4 – O que essa pessoa fala é relevante? Eu acho interessante? Me faz refletir sobre o assunto ainda que eu não concorde? Ou são só provocações e achismos?

Se a pessoa não é minha amiga, se temos apenas algum grau superficial de relacionamento, se nos conhecemos em algum momento da vida e depois nos distanciamos e não temos mais nada em comum, se é alguém da família com quem eu não consigo/quero ter esse tipo de conversa porque não acho proveitoso, então pronto. Sem remorsos, sem estresse, não estamos desfazendo amizade alguma, porque na maioria dos casos não existe amizade mesmo. Ter 900 contatos nas redes sociais não significa que de fato são todos seus amigos.

Sim, é importante que nós não tenhamos ao nosso redor apenas quem pensa igual a gente, precisamos ter estímulos e opiniões diferentes, mas no caso aqui estamos falando de (supostas) amizades, certo? Então nesse caso eu acho que algumas atitudes podem servir para consolar você, que está com medo de “perder amizades” por falar de política.

1 – Com algumas pessoas da sua “lista de contatos” você não tem nada em comum, talvez nunca teve nem nunca terá, não sinta remorso em bloqueá-las na sua rede ou na sua vida se esse tipo de convivência está te fazendo mal.

2 – Com outras pessoas você pode bloquear o assunto política e continuar falando de amenidades, música, futebol, viagem, filmes, livros. Não é tudo ou nada.

3 –  Não deixe de se posicionar se você acha importante e necessário. Porque não, a política não é passageira. Vivemos e fazemos política o tempo todo, até em nossas pequenas atitudes diárias, afinal, não vivemos numa bolha.

4 – Evite discussões que você percebe que não vão te levar a lugar nenhum, não vão te acrescentar nada de útil ou bom.

5 – Leia, se informe e não acredite em tudo o que está nas redes sociais.

6 – Tente enxergar que existe vida fora da internet.

7 – Seus amigos verdadeiros continuarão sendo seus amigos, concordando ou discordando de você.

Por isso, fica de boa.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s