Dicas para quem quer economizar fazendo intercâmbio

bla-bla1

Já escrevi duas vezes aqui no blog sobre aprender idiomas. Primeiro, falei sobre aprender idiomas por conta própria, depois dei minha opinião sobre aprender com professores e/ou escolas. Para dar continuidade a essa série, resolvi fazer um post específico sobre intercâmbio, com base na minha experiência e de pessoas que eu conheçam que foram estudar fora.

Muitas pessoas pensam que precisam gastar uma fortuna e ter muitos meses disponíveis para estudar um idioma em outro país, mas isso não é verdade. Obviamente, se você tem condições financeiras e disponibilidade para se ausentar por tanto tempo, não há dúvidas de que essa experiência será muito rica e seu aprendizado será mais completo e aprofundado. Mas se você não está nessa situação privilegiada, ainda assim pode ter a experiência de estudar fora. Como? Pensei em 5 dicas que podem te ajudar a economizar na hora de fazer um intercâmbio de idiomas.

1 – Escolha um país com o custo de vida mais barato

Talvez seu grande sonho seja, por exemplo, aprender inglês em Londres. Mas você já pensou que você também poderia aprender esse idioma em outra cidade, outro país que também fale inglês? É possível que em outros lugares os custos tanto da escola quanto para se manter sejam menores e você gaste menos dinheiro. Sua experiência não vai ser menos rica por causa disso, pois conhecer um país novo sempre é sensacional e você vai aprender o idioma que quer, de qualquer maneira. No futuro, pode viajar de férias a Londres já falando inglês. Isso vale para qualquer idioma que você queira aprender. Há países e cidades que são mais caras, considere a mudança de lugar e de planos.

 

2 – Diminua o tempo de permanência

Existem intercâmbios que duram 3, 6, 9 meses, até 1 ano. Sem dúvidas deve ser uma experiênia ótima. Mas se você trabalha bastante e não pode se ausentar por tanto tempo, ou se você não tem dinheiro para se manter em outro país durante tantos meses, existem intercâmbios de menor duração, que duram 3 semanas, 1 mês. Você pode aproveitar suas férias para isso, por exemplo. Um intercâmbio de curta duração terá menos custos. Não se engane, embora pareça pouco tempo, sua imersão na cultura e no idioma será grande e você vai aprender muito rápido, se houver dedicação, óbvio.

 

3 – Faça contato diretamente com a escola que quer estudar

Existem agências que organizam intercâmbios. Elas entram em contato com a escola, preparam toda sua documentação, deixam tudo pronto para você apenas ir. Essa é uma facilidade boa e útil, mas torna o intercâmbio um pouco mais caro, afinal, além do curso e da hospedagem, você também vai pagar pelo intermédio da agência. Em alguns casos não dá para abrir mão disso e, definitivamente, é um meio mais seguro de planejar sua viagem de estudos (quando é uma agência confiável). Mas se você precisa economizar, uma boa dica é pesquisar escolas e/ou universidades que ofereçam o curso que você queira fazer, no lugar onde quer, e resolver tudo diretamente com a instituição, sem intermediários. Geralmente a própria escola oferece opções de hospedagem e pagamento. Você pode pedir alguém que saiba o idioma para te ajudar no contato, caso a instituição não se comunique em português. Se você não sabe por onde começar a busca, pode procurar referências pela internet mesmo, através de relatos de pessoas que já fizeram o curso no país/cidade que você quer.

 

4 – Fuja de lugares onde há muitos brasileiros

A ideia de aprender idiomas em outros países é que, além das aulas, você imerge no cotidiano do lugar. Devido à necessidade de se comunicar, você vai aprender na prática a falar e entender. Mas se você vai para um lugar onde encontra muitos brasileiros, inclusive estudando com você, você estará muito direcionado a falar português e não praticar o idioma local. Eu estudei em uma escola em Cartagena de Indias, na Colombia. Além de mim, a única brasileira era minha amiga que foi comigo. Nós não tínhamos com quem falar português, porque os professores falavam somente espanhol e os outros alunos eram alemães, suíços, estadunidenses e só se comunicavam através do espanhol que estavam aprendendo também. Foi ótimo assim, pois praticamos muito. Além dessa questão, pode ser mais econômico viajar para países que não são muito buscados nesse sentido, pois se a demanda é baixa, o preço tende a ser mais baixo também. Imagine que todos os brasileiros que querem aprender espanhol vão para Madri, ou para Buenos Aires. Agora imagine quantos pensam em ir para Equador, Bolívia, Peru, etc. A demanda é menor, o preço provavelmente será menor também.

 

5 – Quer fazer intercâmbio? Aprenda a abir mão de outras coisas para economizar!

Por mais que você considere essas e outras dicas para economizar na hora de fazer um intercâmbio, ainda irá gastar uma quantia grande dinheiro. Pense nos gastos principais: passagens aéreas, a escola, hospedagem, sua manutenção no lugar por 3, 4, 5 semanas, um seguro de saúde (isso é muito necessário!)… não é pouco. Mas é um investimento, na minha opinião. Então se você também pensa assim e se tem o sonho de estudar fora, vai precisar abrir mão de algumas coisas, como aquelas saidinhas para comer fora, a balada, uma compra sem necessidade. São pequenas coisas do cotidiano que quando você faz as contas vê o quanto faz diferença no seu orçamento. Então nem que seja para você economizar durante 1 ano, 1 ano e meio e aproveitar suas próximas férias para fazer um intercâmbio, eu te digo: vale a pena. Não apenas você aprenderá realmente o idioma, como vai conhecer e adquirir uma riqueza cultural gigantesca.

 

Espero que essas dicas ajudem a você, que pensa em fazer um intercâmbio de idiomas, a se decidir melhor.

Anúncios

Um comentário sobre “Dicas para quem quer economizar fazendo intercâmbio

  1. Pingback: Dicas para aprender um idioma sozinho |

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s