Repost: A Casa dos Espíritos (livro)

Esse texto foi publicado inicialmente no site Beco das Palavras, onde sou colaboradora. Resolvi republicá-lo aqui porque recentemente assisti o filme baseado neste livro e estou com aquela necessidade incontrolável de falar sobre ele, então acho interessante ter uma impressão do livro aqui primeiro. 

….

Tentei começar esse texto várias vezes tentando ser um pouco imparcial, se posso dizer assim, e fazer apenas uma resenha, mas não consegui. Gostei tanto desse livro que só tenho elogios para ele e acho que por isso esse texto vai ser meio que uma tentativa de encorajar vocês a lerem também.

Para quem ainda não leu e/ou não tem ideia sobre o que trata o livro, quero oferecer um pequeno resumo. É um romance da escritora chilena Isabel Allende, que conta a história de uma família, a família Trueba. É interessante perceber que essa história se confunde com uma parte da história do Chile, que aparece no livro como um contexto para narrar a vida e o desenvolvimento das personagens, mas ao mesmo tempo é indissociável dessa narrativa. No livro há quatro personagens principais: Esteban Trueba, que é o patriarca da família, um latifundiário que depois se torna senador; Clara, a clarividente, uma mulher sensitiva que pode conversar com os espíritos; Blanca, a filha de Clara; e Alba, a filha de Blanca. São três gerações de mulheres com personalidades diferentes, mas com histórias de vida muito marcantes que ao final praticamente se tornam uma só. O período abordado no livro é bem abrangente, do início do século XX até o golpe militar no Chile, em 1973, que é o contexto do final do livro, mas também é o ápice, é onde todas as histórias se unem. No livro temos uma narradora principal, que é Alba, e um narrador que aparece em alguns momentos, que é Esteban Trueba. Podemos dizer que Clara também é uma narradora, porque Alba conta a história que está nos diários de sua avó.

A Casa dos Espíritos é um dos livros mais conhecidos de escritores latino-americanos, foi um best seller e, inclusive, foi feita uma adaptação da obra para o cinema. Isso não é à toa, é um livro realmente rico em todos os sentidos: contextualização, qualidade literária, referências, construção das personagens. Isabel Allende se inspirou na história de sua própria família para criar algo extraordinário. Inserida no realismo mágico, ela traz elementos do fantástico (e da religião), e ao mesmo tempo é totalmente explícita e direta para descrever certas situações, como a violência da ditadura militar. Definitivamente, é um livro impactante e para nós, brasileiros, que temos uma história política semelhante, é impossível não fazer comparações ou não se impressionar com todos esses relatos.

Percebemos nesse livro que é possível entender a Literatura como mais um registro da História. É claro que não se trata de documentos que explicam a realidade como um todo, mas em certa medida a Literatura oferece uma descrição da História, da cultura, da vida cotidiana, ainda que seja parcial. Não oferece uma análise, mas um ponto de vista. A Casa dos Espíritos é um ótimo exemplo de como isso acontece e esse é mais um motivo para você dar uma chance e ler essa obra prima.

Eu demorei um bom tempo para tirar esse livro da minha lista de espera e após ler me arrependi por não ter feito isso antes. Foi o primeiro livro que li da Isabel Allende e gostei tanto que quero ler todas as outras obras escritas por ela. Uma delas já está na minha lista de desafio literário de 2017.  Também quero ver a adaptação de A Casa dos Espíritos para o cinema. Pretendo fazer isso em breve e voltarei aqui no blog para falar o que achei.

Vocês já leram A Casa dos Espíritos? Gostaram? Não gostaram? Deixem seus comentários aí abaixo e continuamos a conversa.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s