“É preciso estar atento e forte”

Oi, pessoas.

Eu tinha preparado outro assunto para publicar essa semana aqui no blog, mas diante dos últimos acontecimentos sinto que qualquer tema é meio sem sentido, afinal, o mundo está caindo lá fora. Está literalmente queimando e não consigo simplesmente ignorar.

Gostaria de ter alguma coisa para falar, mas não tenho. O único que posso fazer é compartilhar a dor e as lágrimas dos que neste momento choram não só pelo incêndio do Museu Nacional, mas pelo descaso que levou a isso. Não é o primeiro incêndio em uma instituição de memória, pesquisa e ciência e meu coração dói um pouco mais ao imaginar que não será o último. Infelizmente não há no Brasil o menor interesse por nosso patrimônio cultural e histórico e isso não é mero descaso, na verdade, é um projeto político.

A falta de investimento em educação é um projeto político, parafraseando Darcy Ribeiro. Vamos entender por educação não apenas escolas e universidades, mas tudo o que envolve a construção de um cidadão crítico, que questione, que pense, que leia e que não aceita as injustiças e perdas de direitos respondendo: “sim, senhor”.  A quem interessa esse projeto político? Quem o apoia? Estamos em ano de eleições e é importante estar atento a isso. Não basta estar na torcida organizada por candidato à presidência X ou Y. O golpe de 2014 teve como base de apoio deputados que muitos de nós nem conhecemos direito. Não vamos ignorá-los.

Aos amigos e colegas que têm uma relação muito mais próxima com o Museu Nacional, porque trabalham ou trabalharam ali e construíram esse trabalho durante anos, recebam meu abraço e meu ombro para chorarem sim, porque não é “só um prédio” que se queimou e quem não se dá conta disso precisa urgentemente acordar. É uma grande perda para todos nós, brasileiros, para nossa história, nossa memória, nossa ciência, estamos tristes, com raiva e com o coração partido, pois é uma perda irreparável. Mas não vamos abaixar a guarda. “É preciso estar atento e forte”.

Anúncios

4 comentários sobre ““É preciso estar atento e forte”

    • Eu imagino, Karina. E ainda com tanta mentira que andam divulgando após o incêndio. Às vezes bate um desespero. Uma desesperança, na verdade. Mas continuamos aqui e continuaremos. Um abração e muita força pra você.

  1. concordo com você, precisamos estar atentos e nos fortalecer. um amigo de belém que está morando no RJ me disse que sonhava em fazer mestrado no museu, essa foi uma das coisas mais tristes que vi sobre… tantos sonhos que ficam destruídos. eu mesma, que nunca pude ir ao museu, lamento muito não ter conhecido. e imaginar as pessoas que viveram suas vidas ali, é de cortar o coração. um abraço!

    • Oi, Pamela! Realmente, muitos sonhos foram queimados juntos com esse museu. Estamos passando por uma situação muito triste em nosso país, mas temos que resistir. É o que nos resta. Um abração!

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s