A vida, o tempo e o blog

Oi, pessoas!

Finalmente encontro um tempinho para vir aqui contar algumas novidades e, digamos, alinhar as expectativas. Talvez esse alinhamento não seja nem com vocês, poucos leitores que aparecem por aqui, mas comigo mesma.

2019 tem começado com grandes mudanças. Não posso dizer que não estavam totalmente planejadas, mas eu não tinha certeza se e quando iria dar certo. Foi mais rápido do que imaginava. Primeiro, passei no vestibular e comecei o curso de Letras, como já contei. Era incerto porque eu poderia não ter passado, mas felizmente consegui. Ao mesmo tempo, comecei a procurar trabalho. Estava previsto que em algum momento eu conseguiria, mas quando era um mistério. Pois bem, foi mais rápido do que pensei e comecei a trabalhar também, há uma semana.

Eu já trabalhava antes, mas como freelancer, o que me dava certa flexibilidade de tempo. Porém, queria muito sair dessa vida. Foi uma experiência interessante, que me serviu durante bom tempo, mas que não se encaixa mais nos planos e objetivos que tenho agora. Sem falar na instabilidade financeira. Por esse motivo, comecei a procurar um trabalho fixo, que não apenas me desse certa estabilidade, mas que também me permitisse começar a construir o que tenho em mente para o futuro, em vários aspectos da vida. Seria bom me dedicar só aos estudos, pois estou adorando o curso, mas, como a maioria das pessoas, tenho que vender minha força de trabalho para sobreviver.

Não vou entrar em detalhes sobre onde trabalho agora, porque cada vez mais vejo a importância de nos preservarmos nesse mundo on-line. Basta dizer que é um desafio por ser um ambiente totalmente diferente dos lugares por onde já passei. Mas comecei o ano aberta a todas essas mudanças e estou bem animada com o trabalho e com as possibilidades que podem surgir a partir dessa experiência.

O que isso tudo interfere no blog? Bem, interfere diretamente porque o fato é que agora não tenho mais tempo para nada além de trabalhar e estudar. Meus dias se resumem a acordar cedo, ir para o trabalho (tenho uma carga horária de oito horas diárias), sair de lá e ir para a universidade, chegar em casa tarde, dormir para acordar cedo no dia seguinte e recomeçar o ciclo. Sei que isso será temporário. Um pouquinho mais para a frente vou ter a chance de organizar minha carga horária do curso e encaixar melhor nas 24 horas diárias tudo o que preciso fazer, mas por enquanto tem que ser assim.

Não quero e nem pretendo abandonar o blog nesse período, mas certamente não vou conseguir manter a frequência semanal como desejava. Quero dizer, pode acontecer de haver publicações semanais, mas não vou colocar isso como meta nem como regra. Então, se você realmente gosta do meu blog e das coisas que escrevo por aqui, recomendo que o assine, para receber no e-mail cada vez que eu publicar algo. (Você pode fazer isso procurando por “seguir esse blog”, ou algo parecido, no menu do lado direito da tela.)

Os desafios literários (atrasado do ano passado e o desse ano) serão publicados com essa lentidão toda que já estou fazendo, mas serão. A próxima publicação, inclusive, será sobre uma dessas leituras.

Bem, por hoje era isso o que eu queria falar. Em outras oportunidades quero compartilhar como está sendo fazer outra graduação e o que estou achando do curso, quero continuar falando de livros e de temas aleatórios como sempre faço por aqui. Obrigada pela companhia.

Até mais ler!

Anúncios

6 comentários sobre “A vida, o tempo e o blog

  1. Hola Sarah! Felicitaciones por tus nuevos retos académicos y laborales. Te deseo las mejores vibraciones del universo para que puedas desempeñar con éxito todos los desafíos que ellos traen. Por aquí estaré pendiente de tus publicaciones. Bendiciones siempre para ti!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Sarah… eu adoro seu blog! Achei tão massa suas notícias, nós leitores compreendemos os motivos..Você vai espalhar seu amor pelos livros e a literatura… Eu visitei seu blog pelo seu relato sobre a vida acadêmica, não sei parece que isso toca profundamente quando estamos nesse lugar, como gosto de literatura fui seguindo seus textos, acho que você faz um trabalho muito bom mesmo. Acho que ainda insistir no texto, na escrita para divulgar livros é mesmo muito relevante, a forma pela qual você escolhe seus livros é um assunto também fundamental, você sempre traz um livros que eu nunca conseguiria conhecer. Aí fico pensando que sua escolha não poderia mesmo ser mais acertada. Sorte nos novos projetos…

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigada, Raquel! Que lindas suas palavras! E muito motivadoras, sabia? Fico feliz que você tenha permanecido aqui no blog. Um relato meio “ruim” te trouxe até aqui – e que importante compartilharmos essas vivências acadêmicas pra saber que não estamos sós – mas coisas boas te fazem ficar e ler esse humilde blog, rs. Fico feliz de verdade. Aliás, também espero ler o que você escreve. Tenho guardada sua dissertação para ler o mais breve possível. Um abraço! ❤

      Curtir

    • Querida, Karina! Obrigada pelo carinho. Parece que em meio a todo esse caos, a vida tem sido generosa comigo, me permitindo conquistar algumas coisas que queria / precisava. A vida é movimento, vamos nos movimentando! Um abraço! ❤

      Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s