Sobre o luto

  A morte é um fato. Um fato horrível, sobre o qual não gostamos de falar, ou sequer pensar no assunto. Geralmente escolhemos ignorar porque é mais fácil. Para que pensar em coisas ruins? Afinal, não se trata de nós mesmos, ou de alguém querido. Até que chega esse momento e inevitavelmente você se vê,…

Ausências

Sinto que devo algum tipo de comunicado aqui no blog por causa da minha ausência nos últimos dias e nos próximos. Meu blog não é famoso e eu não sou ninguém nessa internet, mas sei que tem pessoas que acompanham, além disso, prometi alguns posts para outras e tem o desafio literário… enfim, tudo isso…

Autoestima

A publicação de hoje é bem pessoal. Tento não fazer isso com frequência no blog, a exposição exagerada me incomoda. Ao mesmo tempo, sei que qualquer coisa que eu escreva aqui é, obviamente, pessoal. Então vou falar de algo que está me atormentando há um bom tempo e me dei conta que esse conflito, na…

Falação rápida

Oi, pessoas! Tantas atualizações para fazer nesse blog! Tão pouco tempo para realizá-las! Não me esqueci de aparecer aqui, só estou correndo mesmo. Nem tempo para as falações tenho tido, então vou falar rapidinho hoje. Quero começar falando de livros. Terminei de ler Sangue Negro, da Noémia de Sousa, que foi o livro de julho…

Caminhos do vegetarianismo #1: alimentação e elitismo

Oi, pessoas! Há muitos meses comecei minha trajetória rumo ao vegetarianismo. Publiquei sobre isso AQUI, porque achei importante me posicionar nesse aspecto, já que considero que o vegetarianismo não é apenas uma dieta, mas uma visão do mundo e da vida em sociedade, que ultrapassa a questão alimentar. Comecei essa transição aos poucos e, naquele…

Mudanças, organizações e etc.

Dia de falação desenfreada! Tem dias que só quero sentar aqui e escrever o que me vem à mente. Tudo o que está na minha mente nos últimos meses tem a ver com organizar coisas, organizar a vida, organizar tudo. Me dei conta de que preciso ser mais organizada, se quiser que meu dia seja…

Imagine na sua testa

A humanidade sempre esteve doente. Mas parece que os sintomas se agravam cada vez mais. Síndrome de ser deus, dono da razão, dono do poder de julgar e punir, inclusive com tortura. Psicopatia. Sim, psicopatia. “Ah, mas era só um moleque, um nóia, sem importância pra ninguém”, dizem. “Quem procura acha”, “que sirva de exemplo”,…

Assuntos aleatórios

  Nos últimos dias estava com um pouco de preguiça de escrever, por isso, tudo o que eu queria falar aqui acabou ficando só na minha cabeça mesmo. Na verdade, não é exatamente uma preguiça, é falta de vontade. Depois de trabalhar durante o dia e fazer tantas outras coisas não dá vontade realmente de…

O que é o medo

  Uma pequena citação para começar a semana com um pensamento mais corajoso. Eu tenho refletido sobre algumas coisas que gostaria de fazer, mas que não consigo. Primeiro dizia a mim mesma: “quando você tiver um tempo você faz isso, tem que ter prioridades, olha as urgências”, e me afundava nas tarefas do dia a dia.…

Umas falações aí…

  Aviso: hoje haverá uma falação desenfreada por aqui. Não tá muito fácil viver nesse mundo, né gente? Cada notícia que eu vejo é um balde a mais de desânimo em cima de mim. Tô com preguiça de viver. Não, isso não significa que eu quero morrer, não priemos cânico, como diria o Chapolim. Mas,…

Oi, voltei!

Oi, gente! Chegou abril e eu estou de volta. O blog não ficou totalmente parado durante março, mas somente porque eu já tinha algumas publicações escritas, que deixei agendadas para aparecerem aqui ao longo do mês. Na prática, eu fiquei todo esse tempo sem aparecer por aqui direito. A verdade é que nem se eu…

É possível ser feliz sozinha

Eu nunca pensei em me casar. Na verdade, eu dizia que nunca iria me casar. Isso simplesmente não estava nos meus planos. Até poucos anos atrás, quando eu olhava para mim mesma no futuro, não via um casamento. Por isso, um dos comentários que mais escuto agora que estou prestes a me casar é: “quem…

Vive!

Domingo foi meu aniversário. 29 anos. Por enquanto eu não tenho vergonha de dizer minha idade, será que um dia vou ter? Fazer 29 anos é uma coisa meio estranha, porque, na verdade, a gente já fica pensando nos 30. Mas vou tentar me concentrar nesse ano mesmo e não na ansiedade que essa idade…